Há quem diga que as pessoas que trazem a letra M entre as linhas da palma da mão são intuitivas e empreendedoras. Talvez não por acaso ela está presente em palavras tão significativas como Moda, Música, Cinema, Empreendedorismo, Magia, Mudança, Imagem e Humanidade. Para nós, a letra M está no DNA da cidade, por isso, não é apenas “M”, é o M de uma Santa Maria que aspira por desenvolvimento e inspira transformações, é M de maria fumaça, é M de Medianeira, é M de Mistura de gente e de gostos, M de está na hora de desvendar a moda que vai além da cor que é tendência da temporada, é M de Maria.


laura-gross-sobre

Laura Gross

Nas salas de aula da Unifra aprendeu sobre a profissão de jornalista mas a paixão por moda faz o coração pulsar há muito mais tempo. Tenta mostrar que a profissão não é feita só de hard News e defende com unhas e dentes que moda é muito mais do que combinar roupas, sapatos e acessórios com elegância. Sua preocupação é menos lançar tendências e mais lançar olhares qualificados sobre o tema. Com espírito aventureiro, está sempre à caça de novidades – o que já a levou a intercâmbios nos Estados Unidos, Inglaterra e Irlanda – e a estar sempre estudando. Cursou Jornalismo de Moda na EnModa e Gestão de Marcas de Moda nas Redes Sociais da ESPM. Considera que a vaidade não é pecado capital e bom gosto e beleza se põe na mesa, sim.


laisgiacomelliLaís Giacomelli

No penúltimo ano da faculdade de jornalismo, seu coração bateu forte para o lado da publicidade e propaganda, e hoje está no caminho para as duas formações. Menina criada no interior, que continua se surpreendendo com a ideia de o mundo ser tão grande e ter tão pouco tempo para poder conhece-lo, e ainda terminar seus livros. Um pé no chão e o outro na lua, é assim que leva a vida e suas paixões, entre elas; livros, gastronomia, lifestyle, decoração, moda e um pouco de tudo que envolva internet. Tem todos os seus sonhos anotados, para quando realizados poder ir riscando um por um, e assim completando seu ideal de felicidade.


carlos-fernando-sobreCarlos Fernando

Jornalista e publicitário. De tanto ler autores como Stephen King e Jorge Luís Borges colocou na cabeça que também quer ser escritor. Acredita que filmes do Woody Allen, acompanhados por um vinho e um bom livro, são essenciais para a sobrevivência no planeta. Jamais teria coragem de recusar um convite para ir ao cinema ainda que seja para ver o Steven Seagal explodindo tudo. Se pudesse escolher só duas coisas para levar para uma ilha deserta não teria dúvidas: um livro do Kafka debaixo de um braço e um do Dostoiévski debaixo do outro.


marilice-daronco-sobre

Marilice Daronco

Apaixonada por contar histórias, gosta mesmo é do jornalismo que põe os pés no barro em busca delas. Foi trainee de Ciência e Saúde da Folha de S. Paulo, é especialista em Cinema pela Unifra e mestranda em Comunicação pela UFSM. Sabe que nessa vida é preciso ter raízes fortes para seguir em frente e acredita que a força das suas está em serem aéreas pois sorri só de ouvir a palavra viajar. Sonha em colocar todo o seu patrimônio na mochila e sair pelo mundo.


ronald-mendes-sobreRonald Mendes

Para ele não tem essa de “olha o passarinho”, não. Seus cliques são antecedidos por piadas e imitações que fazem rir a mais séria das criaturas. Mas quando a pauta exige, sabe muito bem regular o foco na dose certa de sensibilidade. Ensaios de moda são uma de suas especialidades. Fora dos holofotes, tem uma modelo predileta, a princesa Antonela, que já esbanja sorrisos para a câmera. Um aviso: se o assunto for música, especialmente vinil, ou carros antigos, puxe a cadeira que a conversa vai ser longa.


leticia-sarturi-sobreLetícia Sarturi

Ainda na infância, Letícia já havia decidido a futura profissão: jornalista… (e quem sabe estilista?) Na faculdade deu entrada ao mundo da comunicação e da moda. Os “croquis” de criança foram deixados de lado e deram espaço para o universo fashion por meio de pesquisas voltadas a identidade, gênero e moda. Nas suas andanças pelo mundo, fez mestrado em Comunicação, Arte e Cultura na Universidade do Minho, em Portugal. Por lá, a guria ingressou uma nova perspectiva na sua trajetória acadêmica ao incorporar temáticas de beleza e moda plus size aos trabalhos que já realizava. Hoje, ela levanta bandeira pela desconstrução de padrões estéticos e valorização da diversidade corporal. E ainda divide a sua paixão por moda, identidade e comunicação por outra que também faz seu coração bater forte: a coleção de caveiras.


 liciane-brun-sobreLiciane Brun

Jornalista certificada em Inboud Marketing, com os dois pés na cultura e uma mão no artesanato. Quando pequena, colecionava diários e agendas. Escrever sempre foi paixão, por isso o jornalismo foi o caminho. Música, livros e arte lhe despertam uma sensibilidade um pouco exagerada. Para ela, viagens são o mais potente combustível contra a mesmice. Já sonhou conquistar o mundo e hoje só procura sua paz.